A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

Como começar a organizar suas despesas

Sumário

3 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...

 

stokkete / shutterstock

 

Resumo O primeiro passo para se resolver um desafio é entendê-lo. Mapeá-lo profundamente é tarefa fundamental para se entender a melhor maneira de planejar uma abordagem que atenda às necessidades específicas do problema. Aqui, vamos ajudar você a construir um modo de classificar os gastos do seu orçamento pessoal.

 

Elementos essenciais de todo planejamento

 

Como já dissemos aqui, um bom planejamento é a chave para você atingir qualquer objetivo financeiro, seja pagar uma dívida, criar uma reserva de emergência, comprar algo que precise ou queira, começar a investir, etc.

E a chave para um bom planejamento é a organização. Você deve listar todos os gastos na forma que você preferir (papel, planilha, aplicativo…). E eles podem ser classificados em:

  1. Gastos fixos, eventuais, ou variáveis – ou seja, verificar se aquele gasto aparece todo mês, se apareceu só naquele mês, ou se vem todo mês, mas com valores diferentes; por exemplo: o aluguel, a compra de um liquidificador novo ou a despesa com alimentação (em que você pode decidir comprar um pão de queijo numa semana, uma coxinha na outra, depois fazer uma dieta, ou desistir da dieta e comprar um bolo).
  2. Categoria – essa classificação trata da “área” em que é gasto aquele dinheiro; por exemplo, supermercado é alimentação, remédio é saúde, ônibus é transporte, e assim por diante.

Definir os gastos nessas categorias vai te ajudar a entender quais gastos são mais frequentes e em que área você gasta mais. Organizando dessa forma, é possível comparar e ver onde é possível diminuir.

 

Por exemplo:

O seu gasto com habitação é o maior, porque inclui aluguel, conta de luz, de água, gás, etc. O aluguel é um gasto fixo, todo mês é o mesmo valor e, a menos que você tente renegociar, não tem como mudar; mas a conta de água dá para diminuir se demorar menos no banho e a de luz também se você apagar a luz quando sair do cômodo (separamos umas dicas que você pode ver aqui).

O gasto de alimentação pode ser o seu segundo maior gasto e ele varia conforme o mês; daí você pode verificar quais itens que estão nessa categoria você pode cortar. Os pães de queijo que você compra no meio da tarde, custam R$5,00; se você compra 5 vezes na semana, são R$ 25,00 por semana; um mês tem quatro semanas, então são R$100,00 por mês só em pão de queijo. Levando uma fruta de casa como alternativa, já é um gasto a menos.

 

Gasto Valor Frequência Categoria
Aluguel R$1.200,00 Fixo Habitar
Conta de luz R$78,52 Variável Habitar
Conta de água R$82,20 Variável Habitar
Gás R$75,00 Variável Habitar

Total da categoria: R$ 1.435,72

 

Gasto Valor Frequência Categoria
Liquidificador R$120,00 Eventual Alimentar
Supermercado R$249,19 Variável Alimentar
Lanche R$100,00 Fixo Alimentar

Total da categoria: R$ 469,19

 

Esses são exemplos de como ver o quanto estamos gastando, e com o que. Às vezes, você descobre que tem gastado com muita coisa desnecessária e nem tinha percebido.

 

Categorias de despesas

 

Por isso, nós do portal ahoradodinheiro separamos algumas categorias que vamos usar para classificar os nossos materiais; assim você pode procurar direto sobre o tema que te interessa e, se quiser, fique à vontade para também usar essa classificação na sua organização das finanças pessoais. Elas são:

  1. Habitar – tudo relacionado à moradia: contas, aluguel, condomínio, manutenção, etc.
  2. Alimentar – tudo relacionado à alimentação: mercado, açougue, feira, pastel da feira, lanches, merenda das crianças, etc.
  3. Cuidar – tudo relacionado à saúde: remédios, consultas, óculos, dentista, veterinário do periquito, castração do gato, etc.
  4. Deslocar – tudo relacionado ao transporte: ônibus, metrô, trem, táxi, uber, van, passagem para visitar parente em outra cidade, etc.
  5. Educar – tudo relacionado à educação: material escolar, uniforme, curso, passeio escolar, faculdade, etc.
  6. Embelezar – tudo relacionado à beleza: cabeleireiro, barbearia, manicure, cosméticos que não compra no mercado/fármacia, perfumaria, depilação, etc.
  7. Divertir – tudo relacionado a lazer: passeio, cinema, teatro, museu, viagem, etc.

Aqui no portal ahoradodinheiro também usamos a categoria “garantir” para falar de gratuidades e isenções relacionadas a direitos, documentos, impostos, etc. E você também pode inserir outras categorias que façam sentido para você; quem está tentando quitar uma dívida, por exemplo, pode colocar uma categoria só para isso (“dívidas”).

O importante é começar a se organizar para entender as suas finanças, porque, assim, você vai economizar um dinheirinho que pode ser usado para outras coisas que você queira: trocar o celular que já está dando problema, construir uma reserva de emergência, fazer uma viagem, investir em alguma coisa… e estamos aqui para te ajudar com isso!

 

286 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *