A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

Procure pessoas que ajudem sobre o tema finanças

Sumário

4 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...

 

Imagem: sommthink – shutterstock

 

Resumo – O estudo da história do ser humano mostra que, quando nos reunimos em grupos, pudemos desenvolver capacidades técnicas de modo mais rápido e eficaz do que em isolamento. O texto de hoje busca mostrar a importancia de buscarmos pessoas experientes para nos ajudar em nossos processos de escolha ao longo da vida.

 

Somos a média das pessoas com quem mais convivemos?

 

Alguém já deve ter falado para você que as pessoas tendem a se aproximar de quem tem interesses parecidos e histórias próximas, vivendo de maneira similar. 

No caso dos animais, dificilmente acontecerá algo que não confirme essa frase , especialmente sobre os seres do mar.

Mas nós, seres humanos, não precisamos aceitar que estamos ligados a um destino único, que nossa vida está já desenhada para ser muito parecida à de quem está ao nosso redor. 

Nós temos a possibilidade de ir em busca de desenvolvimento pessoal, de novos objetivos, melhorias, enfim: mudança – sermos diferentes.

 

As novas possibilidades de interação

 

Na idade média, 95% da população nascia, crescia, tinha família e morria, vivendo numa máximo numa área de três ou quatro quilômetros quadrados.

A vida da pessoa se resumia ao local em que ele tinha nascido. 

Hoje, o mundo é nosso quintal e a revolução digital trouxe praticamente todo o conhecimento para a palma de nossa mão. Vamos aproveitar!

 

Quais são as boas influências no assunto finanças?

 

No âmbito financeiro, podemos buscar caminhos diferentes – que nos levem a resultados diferentes – e que sejam sempre melhores. 

Podemos ser donos e donas de um caminho que seja construído de maneira alternativa ao padrão. 

Podemos lutar contra as adversidades e ter ganhos mais significativos em nossas vidas.

 

Casos de vulnerabilidade extrema

 

Claro que nos casos de pessoas que passam por situações de vulnerabilidade e de limitação extrema, é diferente.

Quem está nessa situação precisa de ajuda

Quando a escassez é muito grande, não tem muito jeito, alguém tem que intervir para ajudar.

Normalmente é para isso que os governos servem. 

 

Uma sugestão valiosa

 

Para quem tem a sorte de não estar numa situação dessas, vai aqui uma sugestão que foi muito boa para mim: procure pessoas que sabem mais do que você sobre o assunto dinheiro, ache uma forma de se aproximar dessas pessoas e aprender.

Pessoas normalmente gostam de falar sobre si mesmas e sobre seu caminho, sobre sua história e sobre seus sucessos. Pessoas que conseguiram evoluir ao longo da vida gostam muito de falar sobre as coisas que geraram sucesso para ela.

Estamos falando aqui principalmente dos temas relacionados às finanças, mas vale para quase tudo na vida. Encontre essa (ou essas) pessoas e seja um bom ouvinte. Tenha as antenas ligadas para aprender o máximo que puder. Busque por mentores.

Eles podem ajudar muito ao mostrar para você os atalhos e, assim, ajudam a evitar que você possa eventualmente quebrar a cara em coisas que eles foram lá na frente e já viram aquilo por você. 

 

Os cuidados necessários

 

Existem mentores digitais, que são os vídeos de caras muito inteligentes, super preparados e que estão à disposição de todos nós (precisam procurar e achar os que te mostram as coisa de maneira simples e direta). Não falam complicado, não querem impressionar e não são vendedores de ilusão. 

Porém, nessa área aqui a quantidade de picaretas que existem impressiona qualquer um. Por isso, você precisa fazer uma avaliação criteriosa para escolher aqueles que têm posições sérias, histórias verdadeiras para contar e que possam contribuir para seu desenvolvimento.

Que estejam há bastante tempo no ramo e não sejam os aventureiros que se multiplicam em penca oferecendo “a solução” dizendo “eu vou te ensinar”, “com meu método você vai conseguir”, “vamos te ajudar a destravar seu potencial”, “na nossa plataforma, basta apertar o botão vende, quando eu falar vende e compra, quando eu falar compra” – fuja dessa turma !

 

Sobre o processo de aprendizagem

 

Deixa a gente falar uma coisa para você – o processo de aprendizagem é uma marcha  individual, é você que aprende, é você que faz as conexões e cria os caminhos que vão, aos poucos, solidificando um conceito e criando uma forma de ver e participar do mundo em sua volta, num formato contínuo.

Aprendizado não é um curso, é um jeito de ver a vida com curiosidade e sede de conhecimento (o professor explica, esclarece, conta os formatos, facilita, amplia fontes de recursos para você acessar, e fica por aí) – sempre será você o agente principal de seu processo de crescimento

 

Por último, não tenha vergonha

 

Existem textos na internet de caras muito inteligentes que podem te ajudar e existem também aquelas pessoas que estão em volta de nós que a gente pode se aproximar e conversar um pouquinho.

Aquele amigo, ou aquela pessoa que pode nem ser amigo, mas está próximo e que entende muito de um assunto.

Liga para ele! Manda uma mensagem, convida para um café para trocar umas ideias e fala de peito aberto que você quer aprender. Você vai se surpreender com a reação das pessoas.

Para evoluir na vida, ser muito envergonhado e não querer “incomodar” as pessoas pode ser um obstáculo.

Seja “cara dura” e busque as pessoas que poderão ajudar você. 

 

Depois, conta para nós no quadro de comentários abaixo seus resultados

310 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *