A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

O consumidor perfeito

Sumário

3 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...
Foto: Roman Samborskyi - Shutterstock

Resumo: O comportamento nosso de cada dia, nas compras, pode ser muito favorável para a saúde de nossa vida financeira ou muito prejudicial a ela, isso você já sabe. Mas, para quem está no lado da oferta, você pode ser um consumidor que proporciona alta lucratividade para o comércio. Veja neste texto qual o comportamento que eles esperam de você. E, de preferência, busque fugir dele.

 

Quem é o consumidor perfeito?

 

Ele faz suas compras com regularidade. Todos os dias, semanas e meses ele repete a rotina de suas aquisições e ainda inclui compras novas, num ciclo que nunca termina nem cessa. 

Mesmo nas férias, ele se mantém fiel a seu ritual rumo às boas lojas, magazines e shoppings ou, mais recentemente, nos marketplaces e lojas virtuais, sem ficar muito tempo com seus cartões de crédito e débito inativos.

Talvez o maior período que ele tenha ficado sem comprar foi uns 3 dias, quando fez uma cirurgia corretiva de desvio de septo e ficou um pouco sonolento e incomodado; não conseguindo ver as novidades.

 

Quais são seus hábitos?

 

Ele adora usar as roupas da moda, os sapatos mais destacados, os tênis descolados. Seus amigos são pessoas como ele, bem vestidas, gostam de destinos de turismo badalados, com boas festas e muita curtição. 

Ele adora mostrar suas aquisições nas mídias sociais. Você não vai achar fotos deles no Instagram com roupinhas simples, repetidas e compradas em promoções. Sem chance.

Quando ele vai a algum lugar, a primeira coisa que ele vê é o modo como as pessoas se vestem. Além disso, observa atentamente o carro que as pessoas têm, os lugares que a pessoa já frequentou, quais países já visitou, e, principalmente, quem são as pessoas que ela conhece junto com o tamanho das contas bancárias delas. Isso sim é sucesso!

Ele adora acompanhar famosos, ricos, bem nascidos e com muito bom gosto. Afinal, sofisticação e bom gosto é tudo.

 

O que ele não faz?

 

Ele não pede descontos nas suas compras e não solicita condições melhores para o vendedor. Também não incomoda o gerente pedindo exceções à política de preços da empresa. 

Nem mesmo é um pesquisador atento e dedicado na concorrência a fim de buscar a melhor oferta para aquele mesmo produto em outras lojas. Ele gosta muito de conveniência e a pesquisa de preços iria criar uma tarefa a mais que ele não deseja realizar.

Além de tudo, ele não tem reserva de emergência, muito menos investimentos.

 

Quais são as suas ferramentas?

 

Ele tem várias opções de meios de pagamento, que possuem datas de vencimento diferentes (gerando mais comodidade para nunca perder uma chance ao encontrar aquele produto que ele muito deseja). 

Os limites que ele possui nos cartões de crédito são altos, comemorando quando recebe um aumento de limite. Por outro lado, quando isso não acontece espontaneamente, ele exige esta funcionalidade aos bancos e, normalmente, a recebe.

 

Como ele se informa sobre as novidades?

 

Ele está sempre de olho nas propagandas e diversas ofertas que recebe no dia a dia. 

Além disso, aceita receber todas as notificações que as lojas e marcas enviam para ele a fim de mostrar os novos lançamentos. Por fim, ele quer estar sempre atualizado para não perder as novidades.

 

Qual é a sua filosofia de vida?

 

Ele acha que a vida está para ser vivida, ele acredita na frase “só se vive uma vez” e adora a expressão “eu mereço”. 

Afinal, para ele não existe nenhum problema em comprar algumas coisinhas, e isso acontece principalmente quando ele está estressado. 

 

Como ele se sente depois das novas aquisições?

 

As compras dão para ele a sensação de alívio que ele precisa para encarar os problemas que ele tem na vida pessoal. Ele gostaria de ser mais amado, e acha que todas as coisas que ele compra podem incluí-lo nos círculos que ele deseja sempre estar e ser aceito.

Comprar para ele é um ato libertador, um ato de força e poder, que o coloca no lugar dos melhores, dos mais bonitos, dos mais desejados, dos mais elogiados, e faz com que sua vida seja bacana, gostosa e prazerosa.

Resumindo, as empresas adoram o consumidor perfeito!

623 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *