Search
A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

Quem tem medo de pedir desconto?

Sumário

4 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...

 

Foto: rocketclips Inc. / shutterstock

 

Resumo Mas por que existem pessoas que não negociam um desconto na hora das compras, mesmo com a intenção de fazer isso? Aqui você vai ver algumas hipóteses que tentam explicar esse comportamento, além de dicas imperdíveis sobre como pedir descontos de maneira eficaz.

 

As ofertas estão em todos os lugares

 

Todos os dias, somos bombardeados por incontáveis ofertas de todos os tipos. Produtos, serviços, promoções, descontos e liquidações.

Descontos especiais, liquidações imperdíveis, redução de preços surpreendentes, gerentes que ficaram malucos e por aí vai.

No entanto, raramente vejo alguém pedindo descontos nas lojas onde vou. Regularmente estou no comércio, tanto de rua como de shopping. 

Sempre presto atenção no comportamento das pessoas. Afinal, nosso negócio é informação financeira que ajude a você, nosso leitor e nossa leitora.

Então, fico pensando se as pessoas têm algum constrangimento em pedir descontos.

Será que, pelo fato de existirem muitas promoções e muitas ofertas o tempo todo, as pessoas podem achar que não tem o “direito” de pedir alguma vantagem extra? (Frase que contém ironia).

 

Trocas, permutas e escambo

 

Se formos voltar um pouco no tempo, não mais que 2.000 anos, que em termos de história do mundo é bem pouco, vivíamos numa economia baseada no escambo. 

Escambo, para quem não lembra, é a troca de mercadorias e serviços sem o uso de dinheiro. No escambo, avaliamos (por aproximação) quanto vale nosso produto na troca pelo produto de nosso “cliente”.

Esse valor tem, com certeza, um nível de ajuste ou incerteza. Voltando dessa nossa viagem de 2.000 anos e chegando aos dias de hoje, nos deparamos com uma realidade que talvez surpreenda a muitos: o escambo não morreu. Essa modalidade de pagamento sobrevive com o nome de permuta. 

Para alguns tipos de negócios, principalmente no setor de serviços, ele é utilizado para acerto de contas entre 2 empresas. Artistas costumam usar as permutas para viabilizar a execução dos seus projetos. 

A publicidade de marcas de parceiros nos filmes, ou peças de teatro, geram os créditos dessas marcas de outros serviços que os artistas necessitam tais como: passagens de avião, diárias de hotel para as equipes, transportes, alimentação, etc. 

Perceba que nas peças de divulgação de eventos e shows sempre tem esse tipo de patrocínio, apoio 

Esse formato é consolidado na publicidade também. Mas veja que os valores nunca são muito exatos. Duvido que bata na vírgula, o valor dos créditos de serviços versus o benefício que é dado em publicidade e propaganda da marca desse fornecedor. 

Digo isso para deixar claro, que acredito que os preços de produtos e serviços sempre tem alguma margem para negociação ou algum benefício/oferta.

 

Por que algumas pessoas não pedem desconto, mesmo quando querem fazer isso?

 

Se você concorda comigo, que temos sempre alguma margem nos preços praticados em bens e serviços, porque não pedir descontos?

Você é do time que não pede por vergonha? Já ouvi isso algumas vezes.

A segunda resposta que mais ouço: é o medo de receber um não.

Vejo que, por trás disso,  tem um certo medo de exposição nessas situações.

Mas, vou te dar o argumento que vai te ajudar a mudar seu comportamento e colocar esse costume na sua rotina.

Quanto vale o seu dinheiro em termos de esforços que você coloca nas suas atividades??

 

Pedir descontos é honrar o seu esforço

 

Qual o tamanho do seu esforço diário?  Deslocamento, distância da família, horas de dedicação, stress e tudo mais? Sabemos que seu esforço e, portanto, o resultado dele, que é a sua remuneração, valem muito!

E, dessa maneira, tem que ser bem cuidado, honrado e ser usado com sabedoria.

Não pode ser tratado de qualquer jeito. Honre o seu dinheiro pedindo descontos e condições melhores para suas compras o tempo todo. Não há nenhuma desonra em pedir descontos, pelo contrário. 

Isso mostra para o vendedor que você valoriza o que está comprando, porque está se esforçando para que a transação seja concluída com sucesso, de modo positivo. 

Claro, também não pode parecer que você esteja desmerecendo o trabalho do vendedor, que também está se esforçando.

E ahoradodinheiro , como sempre, vai te ajudar, dando dicas de como pedir descontos:

 

1. Sempre peça descontos

 

Procure aproveitar todas as oportunidades de compra para pedir descontos ou condições melhores. Pode ser que você não receba o desconto, mas ganhe uma maior porção de produtos, se for o caso – isso já seria uma ganho alternativo. 

Se você conseguir manter um ritmo de pedir descontos em tudo o que compra ou no máximo de situações, você vai perceber que com o tempo sua vergonha vai sumir, e seus pedidos de descontos se transformarão em hábitos. Um hábito muito saudável para seu bolso.

 

2. Quando pedir o desconto, seja cortês, claro e direto

 

Ter o tom adequado na conversa com quem está te atendendo  vai te ajudar a preparar o terreno e ganhar pontos com seus fornecedores, ninguém gosta de ser tratado de maneira rude em nada, ainda mais quando alguém te pede descontos.

 

3. Saiba a hora certa de pedir

 

Se a loja estiver lotada de clientes, com fila no balcão, naquele clima de correria de natal, não vai rolar negociação, procure momentos melhores.

 

4. Identifique quem tem autoridade para conceder sua vantagem

 

Muitas vezes, o gerente está por perto e você pode abordá-lo de maneira polida com seu pedido. Muitas vezes, isso cria atalhos em seu caminho até o desconto.

 

5. Faça uma pesquisa antes

 

Você pode levar um print screen (imagem capturada) do preço da concorrência e, com isso, facilitar a sua vida. Isso vai aumentar seu poder de barganha

 

6. Escolha uma forma de pagamento mais valorizada pelo seu vendedor

 

Pagar à vista sempre te dá condições de preços melhores. Usar dinheiro para essas situações, desde que carregar esse valor não aumente sua insegurança, será sempre bem vindo.

 

932 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *