A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

O hamster e a roda de correr

Sumário

3 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...
Billion Photos / shutterstock

Resumo: você já se deparou com a sensação de parecer que você não sai do lugar, por mais que você se esforce? Trabalhar o dia todo, chegar em casa apenas para comer algo não muito elaborado, dormir, e repetir tudo no dia seguinte? Infelizmente, muitos de nós nos encontramos presos em uma rotina semelhante, e é fundamental encontrarmos caminhos a ferramentas para sairmos dessa situação.

 

A vida dos hamsters

 

Você sabia que um hamster consegue andar ou correr até 7 quilômetros por noite, quando está em busca de seu alimento?

O hamster é um roedor de hábitos noturnos, porque seus predadores naturais atuam mais ao longo do dia. Esse fofo animalzinho também é tido por nós como animal de estimação, e por isso é comum vermos crianças terem hamsters (ou seus parentes menores – os porquinhos da Índia) em suas casas.

Normalmente, nas gaiolas onde o hamster se abriga, existem rodas giratórias para que o bichinho consiga fazer seus exercícios. Essa rotina é praticamente natural para ele, e quem possui um desses em casa pode confirmar o que estou falando.

Ele simplesmente entra naquela roda e começa a correr, mas sem sair do lugar. E assim, esse equipamento exerce sua função: melhora a função cardíaca do pequeno roedor.

 

Será que vivemos como os hamsters?

 

Nós, seres humanos, muitas vezes imitamos os animais e, nesse caso, como nós fôssemos hamsters, também ficamos correndo, correndo e não saindo do lugar.

Ficamos nos sentindo enjaulados ou engaiolados em nossas próprias rotinas: acordamos, tomamos café, saímos de casa, trabalhamos, voltamos para casa, jantamos com a família (ou sozinhos), e dormimos. No dia seguinte, acordamos, e repetimos tudo novamente.

Nos fins de semana, fazemos uma ou outra coisa um pouco diferente, mas também repetindo alguma rotina, só que esta rotina é a do fim de semana.

Muitos de nós gostamos desses hábitos, sentimo-nos confortáveis com eles e não queremos mudá-los. Para essas pessoas, é assim que a vida é! Nada mais é necessário.

Outros, não. Gostariam de mudar, mas acabam sucumbindo e desistindo de evoluir, adaptando-se à rotina inexorável da vida, deixando a sorte os levar.

Em algum momento, alguns destes se rebelam contra essa situação e buscam alguma saída. Uma parcela dessas pessoas consegue – seja por força de alguma situação, por decisão pessoal, por algum trauma, talvez – ir contra esse estado de coisas e buscar uma mudança.

Às vezes, realizam uma mudança pequena (também muito válida), mas, em outras vezes, promovem uma verdadeira revolução pessoal.

 

Como sair dessa situação?

 

Preste atenção e observe qual é a sua posição nessa história. Talvez hoje você seja o hamster, correndo, correndo e não saindo do lugar!

Alguém vai estudar isso mais a fundo e talvez chame de Síndrome do Hamster essa incapacidade de buscar alternativas a uma vida marcada pela rotina sem sentido, que deprime e impede que criemos uma existência com outros valores e objetivos; de fazermos aquilo que sonhávamos e, em algum momento, foi engolido pelo imponderável da vida, com sua força descomunal para apagar sonhos e desligar planos bonitos.

Se você precisa se rebelar contra sua rotina atual, começar a caminhar, ganhar tração e observar conquistas perceptíveis em vários aspectos (quem sabe na sua vida financeira), este texto pode ser o começo do preparo de seu plano de libertação.

 

ahoradodinheiro está aqui para ajudar.

Compartilhe nossos conteúdos e ajude mais pessoas a saírem dessa armadilha!

1.140 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *