A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

Os sete sábios da Grécia ensinam finanças para você – Bias de Priane – parte III

Sumário

3 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...
Imagem: Hoika Mikhail / Shutterstock

Resumo A nossa série sobre os Sete sábios da Grécia Antiga continua, e hoje ela aborda algumas frases mais conhecidas do filósofo Bias de Priane – que também podem ser aplicadas na nossa vida financeira.

 

Bias de Priane foi um homem que nasceu em Bias – atual Turquia – e se destacou por sua capacidade de defender as atitudes certas. Um homem que tinha mais consideração que muitos outros.

Vejamos algumas das frases mais marcantes proferidas pelo pensador:

 

“Os homens ingênuos são facilmente enganados”

 

Essa frase parece óbvia, mas tem embutida nela a sabedoria de que temos que ter uma certa desconfiança do mundo à nossa volta, e só confiar naquelas coisas vindas de nossas fontes confiáveis, ou em contrário, buscarmos a confirmação por nós mesmos.

 

“Todos os homens são maus”

 

Declaração polêmica, mas que infelizmente é confirmada em muitos momentos em nossas vidas. 

Às vezes, temos a impressão de que todos são maus, mesmo. Para nos defendermos disso, precisamos cultivar atitudes de proteção e segurança. 

“Melhor prevenir do que remediar”. Já diz um sábio ditado, que se alinha a essa frase de Bias de Priane.

 

“É difícil suportar uma mudança em nosso destino para pior”

 

Sim, sem dúvida, essa situação é de difícil aceitação e, para isso, devemos ter uma posição de olhar para as mudanças negativas em nossa vida como um acontecimento possível, todo o tempo. 

Não se engane com os bons momentos.

 

“Pense bem antes de seu escolher seu caminho, mas depois de ter escolhido, siga com perseverança”

 

Pobre é o homem que não se atém a refletir sobre seus atos, seus próximos passos, como decidir sobre sua vida. 

É muito necessário planejar com cuidado nossos próximos passos. Depois de traçado, nosso plano deve ser seguido com obstinação. 

Se mudamos o rumo o tempo todo, é porque o plano não foi bem feito. Reflita sobre isso.

 

“Não fale rápido, pois isso demonstra falta de sensatez”

 

Em tempos de cancelamentos, lacrações, discussões bobas sobre qualquer coisa, pseudo especialistas querendo dar opinião sobre tudo o que acontece, nunca foi tão atual este conselho.

 

“Ame a prudência”

 

Tome cuidado, pare, pense, e não se apresse. Consulte quem você confia.

Não pense que a velocidade com que a sociedade se desenvolve hoje serve para todas as coisas. 

Sua mente ainda tem reminiscências do homem pré-histórico. Decisões rápidas, não necessariamente, são as melhores. 

Os dinossauros não estão mais atrás de nós.

 

“Não elogie um homem indigno por suas riquezas”

 

Que belo aconselhamento. Um homem indigno não merece elogio nenhum, a hora nenhuma, por ninguém. 

A riqueza de um homem não limpa seu nome das falhas que ele perpetrou. 

Cuidado, um homem vale pelas virtudes e não pela riqueza

 

“Reforce seu ponto de vista pela persuasão, não pela força”

 

Um homem decente não ameaça o outro, não usa de sua força para fazer com que o outro concorde com ele. 

No mundo moderno, a força se dá também pela capacidade de fazer o mal, de gerar tristeza ao outro. 

Por exemplo, um chefe pode mandar seu subordinado embora, caso este não concorde com ele. Não é uma atitude digna, mas é comum.

 

“Aprecie a sabedoria como um meio de você viajar da juventude até a velhice”

 

Só a sabedoria pode te preparar para uma vida justa e de virtude. 

A riqueza do homem está na busca da sabedoria e não na negação dela.

Por João Victorino

João Victorino é administrador de empresas e especialista em finanças pessoais. Formado em Administração de Empresas e com MBA pela FIA - USP. Executivo em empresas multinacionais nas áreas de desenvolvimento de negócios, marketing e estratégia. Possui ampla experiência no empreendedorismo e hoje divide esses aprendizados. Para isso, o especialista criou e lidera o canal A hora do dinheiro , com conteúdo gratuito e uma linguagem simples, objetiva e inclusiva.

Você também pode se interessar:

724 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *