A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

Os Sete Sábios da Grécia ensinam finanças para você – Tales de Mileto – parte I

Sumário

4 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...
Os Sete Sábios - representados nas Crônicas de Nurenberg, 1493

Resumo – A chance de aproveitar o conhecimento gerado pela humanidade há milhares de anos é uma oportunidade de ouro. Por isso, veja o que os Sete Sábios de Delfos já falavam a seus contemporâneos em reflexões para uma vida mais equilibrada – ensinamentos que podem certamente ser extendidos para a área de finanças ainda hoje.

 

Os sete sábios sábios da Grécia fazem parte da tradição clássica da Grécia Antiga. Eles viveram no período anterior a Platão. Portanto, por volta de até o ano 500 a.C. 

Certamente, estamos falando de homens que eram reconhecidos por sua extraordinária sabedoria

Por esses motivos, todos de sua época os reconheciam por suas capacidades de aconselhar a quem os procurasse com reflexões que, em geral, eram a melhor solução para cada problema específico.

O período em que esses homens viveram antecede o início da era conhecida pelos grandes filósofos antigos – a saber – Sócrates, Platão e Aristóteles.

Além disso, ficaram conhecidos posteriormente como os Sete Sábios de Delfos, por conta de várias inscrições que foram localizadas no Templo de Apolo em Delfos, que faziam referências a esses sábios. 

A lista dos Sete Sábios não é unânime, mas em geral possui os seguintes nomes:

  • Tales de Mileto
  • Pítaco de Mitilene
  • Periandro de Corinto
  • Sólon de Atenas
  • Quílon de Esparta
  • Cleóbulo de Lindos e
  • Bias de Priene

Sua sabedoria ficou guardada para a eternidade através de máximas que cada um deles criou, e que ahoradodinheiro adapta agora para que você aproveite essas magníficas palavras para melhorar sua jornada financeira.

Frequentemente, cidadãos consultavam esses sábios em busca de auxílio para os mais variados assuntos, e as respostas eram resultado de muita inteligência, sagacidade e busca constante de virtude.

Na maioria das vezes, eles foram cidadãos exemplares que viveram e ganharam muitas homenagens ainda em vida.

Vamos preparar uma série sobre este tema aqui em ahoradodinheiro, com as máximas, e frases mais conhecidas para ajudar você na utilização do conhecimento milenar desses homens surpreendentes na sua vida financeira.

 

Assim, começamos pelas frases de Tales de Mileto – conhecido com o pai da Filosofia:

 

“Conhece-te a ti mesmo”

 

Uma frase que nos apresenta um desafio à reflexão de como nos comportamos e qual a origem (ou causa) das decisões que tomamos na vida cotidiana.

Por exemplo, tomar conhecimento sobre as forças que nos impulsionam é fundamental para que as nossas ações sigam o rumo que realmente queremos, e não o rumo a que nosso modelo irracional de comportamento nos leva.

*Lembrando que essa frase já foi atribuída a várias figuras da época e, portanto, não possui ao certo um autor. De qualquer modo, também é possível que tenha origem em um ditado popular grego.

Com certeza, o mais importante é o convite à reflexão que ela nos traz.

 

“A certeza é precursora da ruína”

 

Quem nunca foi surpreendido por um imprevisto grande em sua vida? Só se estiver ainda na casa dos vinte e poucos anos. E, mesmo pessoas muito jovens também já passaram por perrengues.

Ao longo de nossas vidas,muita coisa pode dar errado. Depois da recente crise da Covid 19, parece-me que falar isso é meio óbvio demais, até. 

Qual é uma boa maneira de se proteger desses tempos ruins, então? Para ter uma proteção financeira, não temos dúvida de que o melhor jeito é criar e manter o já famoso Fundo de Emergência. Trata-se de um seguro para aquelas situações onde você precisa de uma grana de modo rápido e fácil.

Uma doença na família, uma demissão, um acidente, enfim – não queremos nada disso para você, mas preparar-se para isso é mais que desejável. 

É uma obrigação, ainda mais se você tem filhos ou família que dependa de você.

 

“Espera dos Teus filhos o mesmo tratamento que deste aos teus pais”

 

Nessa frase, os sábios da Grécia trazem uma questão central para uma vida bem vivida: qual é a relação que temos com nossa família? Como tratamos e cuidamos de quem precisa de nós no espaço mais próximo de nossas vidas?

Vários estudos trazem à luz a importância da família e dos amigos para a qualidade de vida. Para que tenhamos uma saúde mental boa, precisamos ter pessoas que nos ajudem nos momentos difíceis, que tenhamos com quem desabafar. 

Lembrando da crise da Covid-19, novamente: tivemos a percepção do quanto estamos frágeis e sujeitos a impactos dos quais não temos o menor controle. 

Os casos de depressão e de crises de tristeza profunda foram muitos, e ter uma família em quem nos apoiamos é fundamental. 

É preciso fazer alguma conexão com a vida financeira aqui? Acho que não precisa, né?

 

“Evitar enriquecer por vias desonestas”

 

Essa frase é auto-explicativa, quase não precisa de comentário. 

Seguramente, a desonestidade é o caminho para o fracasso total. 

Em qualquer área de sua vida, não vale a pena nem tentar enriquecer de modo ilícito

A moral deve definir o seu jeito de ver o mundo e como conduzir suas ações. 

Fique longe do que parece desonesto. Ou, se você tem dúvida, fique fora dessa!

 

“Evite os adornos exteriores e procure os interiores”

 

Muita gente aparece nas redes sociais mostrando carros bonitos, casas bonitas, viagens maravilhosas, roupas de grife. 

É raro aparecer alguém feliz com um beijo enternecido que recebeu do filho, da esposa e da irmã. A moeda do sucesso, para muitos, é o que é mostrado. 

Em tempos de mídias sociais dominando as vidas das pessoas, o que vale é ser mais visto. E, para serem vistas, as pessoas fazem coisas incríveis. 

Quanto mais necessidade de mostrar uma imagem exterior bonita ou rica, mais pobre é a sua vida interior. Lembre-se de que a felicidade, a alegria, a paz são sensações; portanto, acontecem dentro de você. 

Quem busca só o reconhecimento dos outros é infeliz.

Por João Victorino

João Victorino é administrador de empresas e especialista em finanças pessoais. Formado em Administração de Empresas e com MBA pela FIA - USP. Executivo em empresas multinacionais nas áreas de desenvolvimento de negócios, marketing e estratégia. Possui ampla experiência no empreendedorismo e hoje divide esses aprendizados. Para isso, o especialista criou e lidera o canal A hora do dinheiro , com conteúdo gratuito e uma linguagem simples, objetiva e inclusiva.

Você também pode se interessar:

1.012 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *