Search
A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

Gasolina cara? Veja 24 formas de economizar combustível ao dirigir

Sumário

10 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...

 

Oil and Gas Photographer / shutterstock

 

Resumo – Com o preço médio da gasolina e do diesel novamente atingindo novos recordes este mês (março de 2022), com o preço médio do litro subindo para mais de R$ 6,60 e R$ 5,80, respectivamente, de acordo com a ANP, é mais importante do que nunca economizar no abastecimento e no uso. Se você tomar medidas para dirigir com mais eficiência, poderá reduzir ainda mais os custos… veja dicas especiais que selecionamos para você!

 

Passo 1: Torne seu carro mais econômico

 

Algumas verificações e ajustes simples em seu veículo podem ajudar a reduzir o consumo de combustível. Combinadas com as dicas abaixo sobre como dirigir com mais eficiência, elas podem ajudar a economizar até 30% nos custos de combustível – e, claro, são uma maneira rápida e indolor de beneficiar também o meio ambiente.

  1. Mantenha seus pneus bem calibrados

Pressões mais baixas dos pneus aumentam o arrasto em um carro, o que significa que você precisa de mais combustível. Portanto, verifique regularmente se as pressões estão corretas (inflar demais os pneus também usará mais combustível) e seu carro precisará de menos potência para mantê-lo em movimento.

  1. Organize seu carro

Quanto mais leve for o seu carro, menos esforço ele precisa para acelerar. Ao limpar o lixo do porta-malas e não carregar nenhum peso desnecessário, você pode economizar um pouco mais de dinheiro. Qualquer peso extra que você carrega aumenta seu consumo de combustível – embora a carga não faça a maior diferença, tudo ajuda a mantê-la baixa.

  1. Retire o bagageiro do teto

Um rack de teto, mesmo sem uso, adiciona resistência ao vento a um carro, aumentando o arrasto e fazendo o motor trabalhar mais. Se você não precisar, tire-o, junto com qualquer outra coisa ineficiente. Além disso, fechando as janelas e removendo quaisquer bandeiras, o carro funcionará com um pouco mais de eficiência.

  1. Desligue o ar-condicionado em velocidades mais baixas

O ar condicionado utiliza a potência do motor e, portanto, combustível – por isso, certifique-se de que ele esteja desligado, a menos que seja realmente necessário. O consenso geral é que é mais eficiente dirigir com as janelas abaixadas e o ar-condicionado desligado em velocidades mais baixas, mas em velocidades mais altas é melhor usar o ar-condicionado e manter as janelas abertas devido ao arrasto extra causado por janelas abertas.

Se você não estiver usando o ar-condicionado, vale a pena ligá-lo de vez em quando, pois não usá-lo pode significar que ele pare de funcionar.

Observação: infelizmente, com o aumento do número de casos de furtos observado nas cidades brasileiras em veículos com janelas abertas, é recomendável ter muito cuidado ao abaixar as janelas – ou mesmo deixá-las fechadas quando o veículo estiver parado.

  1. Não encha o tanque por completo

O combustível é pesado, então, enchendo o carro você está adicionando um peso considerável. Quanto menos combustível seu carro tiver, mais eficientemente ele será conduzido. Se você encher com um pouco mais de frequência e colocar menos (até 1/2 ou 3/4 cheio), isso fará com que o carro funcione com mais eficiência.

  1. Use o piloto automático somente nas estradas

Em estradas longas e planas, o piloto automático ajuda você a economizar combustível, mantendo uma velocidade constante, eliminando assim acelerações desnecessárias. Mas usado regularmente em estradas que não são planas, aumentará a quantidade de combustível que você usa porque é mais lento para reagir a mudanças de inclinação, o que significa que acelerará por mais tempo do que um motorista ao subir uma colina. As rodovias geralmente são planas, então reserve-as para o uso desta ferramenta.

 

Passo 2: sete dicas para dirigir com mais eficiência

 

Você pode percorrer a mesma distância no mesmo carro, sem diminuir a velocidade, mas usando menos combustível – melhor para sua carteira, melhor para o meio ambiente. A chave é dirigir suavemente. Aqui estão as sete dicas que você precisa saber.

  1. Aceleradores são trituradores de dinheiro – acelere gradualmente

Acelere suavemente. Quanto mais você pisar no acelerador, mais combustível fluirá – mas você pode atingir a mesma velocidade usando muito menos potência. Como regra geral, fique abaixo de 3.000 rotações. Além disso, se você acelerar muito rápido, é provável que precise frear com força, o que não é exatamente eficiente.

  1. Mude uma marcha mais cedo

Sempre dirija na marcha mais alta possível sem forçar o motor. Portanto, mude muito mais cedo do que parece natural – vai tirar algum ritmo da sua aceleração, mas como essa é a nossa primeira dica, não é uma coisa ruim. Se você tiver uma tela de eficiência de combustível, ficará surpreso com o impacto imediato que isso tem.

  1. Pense na posição da estrada

Todas as outras dicas exigem que você esteja alerta e ciente de sua posição na estrada. Isso ajuda você a planejar com antecedência e avançar gradualmente. Significa também que uma condução mais eficiente é também uma condução mais segura.

  1. O freio é uma máquina de queimar dinheiro

Onde for seguro, permita-se desacelerar naturalmente em vez de pisar no freio. Ao pisar no freio, você está efetivamente convertendo em calor a energia que pagou para colocar no carro. Em vez disso, sempre que puder, aproveite ao máximo o impulso do carro – um bom posicionamento na estrada é crucial para isso. Ao longo de uma viagem, se você frear com frequência, também terá que acelerar mais, o que significa usar mais combustível.

  1. Ouça o barulho do seu motor

Se você ouvir acelerações bruscas e freios estridentes, você sabe que está fazendo errado. Imagine dirigir de semáforo em semáforo fazendo isso. A pessoa de trás que acelera e desacelera mais lentamente ainda estará atrás de você no próximo semáforo, ela terá gasto muito menos para chegar lá.

  1. Continue se movendo se puder

O metro mais caro que você dirige é sempre o primeiro, quando você dá partida. É preciso muita energia para fazer um carro andar. Portanto, se você puder rolar com segurança gradualmente até um semáforo enquanto ele muda de vermelho para verde, sem parar, é mais eficiente do que parar e reiniciar.

  1. Navegar em ponto morto pode parecer mais barato, mas é perigoso

Embora colocar o carro em ponto morto e desacelerar possa parecer que você está usando menos combustível, é perigoso – não faça isso. Você sempre precisa de acesso ao acelerador para evitar riscos inesperados. Além disso, os carros podem lidar muito pior em curvas fechadas quando em ponto morto.

De muitas maneiras, tudo isso se resume a uma pequena regra prática:

“Ao pisar no acelerador, quanto mais você pressiona, mais combustível você usa.”

Apenas estar consciente disso, e sua de posição na estrada, deve aumentar enormemente a distância que você pode dirigir com um tanque de gasolina.

Embora seja difícil avaliar com precisão quanto você pode economizar em combustível tornando seu carro mais econômico e dirigindo com mais eficiência, a Associação do Automóvel do Reino Unido diz que quando 50 de seus funcionários realizaram um teste de direção ecológica, eles economizaram uma média de 10% em uma semana – a maior economia foi de 33%.

Veja este depoimento de um participante do fórum:

O impacto no mundo real: a história de Martin

Em umas férias no exterior eu pude testar isso, graças a um pequeno e sexy display digital no meu carro alugado que me deu uma leitura de km/litro. Para cada viagem, eu dirigi normalmente no caminho até lá e usei o método ‘pensar ao pressionar o pedal’ no caminho de volta.

Se você está pensando ‘ele realmente se preocupou com isso durante as férias?’ – sim, eu fiz, e eu adorei. Felizmente, minha namorada (agora minha esposa) é muito compreensiva!

A melhora foi enorme. No geral, percorri cerca de 800 quilômetros e as diferentes médias de ‘eficiência’ por litro de gasolina foram incríveis: para uma condução normal, foram 11,2 km por litro, mas para uma condução consciente da eficiência, notáveis ​​13,4 km por litro.

O mais intrigante é que a condução eficiente não me custou tempo algum, e nas autoestradas, minha velocidade máxima não mudou. Outros dirigiram com mais força, apenas para frear com mais força no próximo semáforo…

– Martin Lewis, fundador e presidente da MSE

 

Passo 3: encontre os preços mais baratos de gasolina ou diesel em sua área

 

A maneira mais fácil de encontrar o posto de combustível mais barato da sua região é comparando preços com o uso de uma ferramenta gratuita.

Vá para o aplicativo do Waze e, depois de se registrar, entre na função “meu waze”, em seguida, clique na imagem com a bomba de combustível. Digite que tipo de combustível você está procurando. Ele listará os postos de combustível em seu percurso, além do preço e a data da última atualização.

Uma verificação rápida antes de precisar abastecer pode economizar algum dinheiro decente. Embora a diferença por litro entre estabelecimentos possa ser de centavos, em termos de porcentagem isso pode representar uma diferença de quase 10%.

Fique de olho também nas promoções relâmpago de desconto de combustível que aparecem de tempos em tempos. No momento, não há nenhuma que saibamos, mas publicaremos detalhes aqui quando houver.

Use programas de fidelidade

Comprar gasolina é um gasto regular e você gasta mais com isso em um ano do que pensa – R$ 200,00 por semana é mais de R$ 2.400,00 por ano. Como muitos postos de gasolina (incluindo os de supermercados) têm algum tipo de programas de fidelidade, vale a pena se inscrever em planos para os pátios que você usará com mais regularidade, e assim obter um pouco mais de retorno.

No entanto, nunca escolha uma bomba de combustível apenas pelo seu esquema de fidelização, pois a diferença é pequena em relação à variação do preço da gasolina (consulte também o guia de aumento de pontos de Fidelidade).

Outras dicas de preenchimento

Existem várias outras maneiras de reduzir o custo da gasolina e do diesel:

    1. Sempre encha o tanque pelo menos 80 quilômetros antes que ele esteja seco

Dessa forma, não haverá pânico e você terá tempo suficiente para chegar a um posto de combustível mais barato. Se você deixar para abastecer mais próximo da reserva, você terá que aceitar o próximo posto que vir, e não poderá se concentrar no preço.

Isso é um pouco compensado pelo fato de que um carro mais leve usa menos combustível. Mas com 80 quilômetros de combustível restantes, a diferença é pequena.

    1. Use combustível aditivado apenas se o desempenho do seu carro melhorar

Muitos postos de gasolina vendem combustíveis de ‘alto desempenho’, mas há pouca ou nenhuma diferença de eficiência para a maioria dos carros de baixo desempenho. Portanto, abasteça apenas com os supercombustíveis se você tiver um carro esportivo ou tiver sido especificamente avisado de que seu carro precisa usar corretamente a gasolina aditivada.

A Associação do Automóvel do Reino Unido nos diz que, para a maioria dos outros carros, os combustíveis de alto desempenho são muito caros para uso regular. Mas se você estiver interessado, sugere usar um combustível de alto desempenho a cada três ou quatro tanques cheios para manter o motor limpo e eficiente, depois reverter para o combustível normal.

    1. Abastecer à noite não será uma grande economia de dinheiro

A história de encher o tanque à noite para conseguir mais desconto é um leve mito urbano, pois a diferença é minúscula – centavos na melhor das hipóteses. As bombas de combustível são calibradas por volume, então encha à noite quando está mais frio e você ganha um pouquinho extra.

    1. Não tente colocar combustível “até a boca”

Encher o tanque até o topo não é ótimo, pois adiciona peso ao carro (veja como tornar seu carro mais econômico). Mas se for preciso, não continue depois que o bico de gasolina “travar”. Se você fizer isso, você está enchendo demais.

 

Passo 4: Pague usando um cartão de crédito cashback

 

Os cartões de crédito com reembolso pagam toda vez que você gasta com eles. Eles são uma ótima maneira de reduzir o custo do seu combustível, mas SEMPRE cumpra a regra de ouro…

Configure um débito direto para pagar o cartão integralmente a cada mês, para que você nunca pague juros, o que superaria qualquer ganho.

A razão pela qual as empresas de cartão oferecem esquemas de reembolso ou recompensa é simples. Eles querem incentivá-lo a gastar no cartão e pagar juros. O custo dos juros de todos os cartões de cashback supera o cashback que você ganhará.

Cada vez que você solicitar um desses cartões, você será verificado pelos credores. Várias aplicações em um curto período podem afetar sua capacidade futura de obter crédito.

A maneira mais fácil de pagar integralmente

É fácil fazer isso via débito direto, o que permite que a operadora do cartão receba um valor mensal variável que corresponde ao que você deve. Infelizmente, alguns provedores omitem deliberadamente a opção ‘pagar integralmente’ dos formulários de débito direto, pois isso os torna menos dinheiro. Se for esse o caso, escreva ‘pagar integralmente’ no formulário, ou escolha a opção equivalente no aplicativo. Eles devem honrá-lo, mas ligue depois de uma semana ou mais para verificar se eles cumpriram com suas obrigações.

 

Passo 5: Partilhe a condução para reduzir os custos da gasolina

 

Uma maneira fácil de reduzir os custos da gasolina é dirigir menos! Uma opção é compartilhar carona para trabalhar com amigos. Existem alguns sites que conectam pessoas fazendo a mesma jornada.

Waze carpool

Registre seus dados no Waze e insira a jornada que você deseja compartilhar. Indique também se você será motorista ou se irá de carona. Em seguida, verifique os resultados correspondentes – o app também permite pesquisar possíveis correspondências antes de se registrar.Estima-se que seus membros economizam mais de R$ 6.670,00/ano em média. 

BlaBlaCar

Fundada na França em 2006, a BlaBlaCar chegou ao Reino Unido em 2011 e diz que agora tem 90 milhões de motoristas e passageiros em 22 países. Você pode pesquisar possíveis correspondências sem se registrar, mas precisará se registrar gratuitamente usando o Facebook ou e-mail se quiser obter ou dar uma carona.

 

Alguma coisa a mais para prestar atenção?

 

Esteja em segurança

Os sites armazenam os detalhes de forma segura, mas quando se trata de viajar, é importante estar atento. Marque um encontro pela primeira vez em um local público, deixe amigos ou parentes saberem o que você está fazendo e verifique a identidade deles para garantir que eles são quem dizem ser.

Levar passageiros não deve afetar o seguro

Se você está dando carona a alguém e pedindo uma contribuição para os custos de combustível, a Associação de Seguradoras Britânicas diz que, desde que não haja nenhum elemento de lucro, é improvável que seu seguro de carro seja afetado.

No entanto, para ter certeza, verifique primeiro com seu provedor.

Seus depoimentos bem-sucedidos usando o sistema de combustível barato de cinco etapas

 

Mais depoimentos

‘Faça isso – você ficará surpreso’

Graças às dicas de direção do @MoneySavingExp, economizei R$ 133,40 em combustível em 1 mês, dirigindo com mais cuidado. Faça isso, você vai se surpreender.

– Poupador @mathewhasker no Twitter

 

‘Dupliquei minha economia de combustível!’

Nos últimos 2 anos quase dupliquei minha economia de combustível, sem trocar de veículo.

1. Eu dirijo muito mais suavemente e não ultrapasso outros usuários de carro apenas para conseguir um ou dois lugares mais adiante em uma grande fila.

2. Saio para o trabalho um pouco mais tarde e volto para casa um pouco mais tarde – como resultado, não gasto mais 30 minutos em um rastejamento de 6,4 quilômetros através do tráfego de parar / iniciar em um trajeto de 41,6 quilômetros (em cada sentido) para entrar e sair de Aberdeen .

Minha pressão arterial também está mais baixa

Poupadora Caleypine

 

32 quilômetros extras por tanque!’

Resultados que obtive ao tentar dirigir com mais economia de combustível. A maior parte disso foi na cidade:

Anteriormente, 33-35 litros me davam cerca de 344 quilômetros.

Dirigir com mais cuidado aumentou isso para cerca de 376 quilômetros.

Desligar o motor no semáforo aumentou minha milhagem para 469 quilômetros.

– Poupador Krishna

 

Quanto você pode economizar?

 

A economia de seguir nosso sistema de cinco etapas pode ser enorme. Para alguém que dirige 24.000 quilômetros por ano com média de 12,4 km/L, comprar gasolina ao preço médio do Brasil custaria R$ 12.774 anualmente a partir de março de 2022. Cortar isso em 25% poderia economizar R$ 3.193 / ano.

 

Tabela – Reduzindo o custo do combustível

 

Quilometragem Anual Custo médio anual (1) Corte nos custos de combustível em 5% Corte nos custos de combustível em 20% Corte nos custos de combustível em 25% Potencial máximo de economia
5,000 R$ 2.661 R$ 2.528 R$ 2.128 R$ 1.995 R$ 667
15,000 R$ 7.983 R$ 7.584 R$ 6.384 R$ 5.985 R$ 1.998
30,000 R$ 15.966 R$ 15.168 R$ 12.768 R$ 11.970 R$ 3.996

(1) Custo do litro de gasolina: R$ 6,60 / Consumo médio de combustível: 12,4 km/L. Última atualização: março de 2022.

 

Como se divide o custo do combustível?

O imposto compõe uma boa parte do custo de um litro. A taxa coletada no dia 06 de março de 2022 do imposto de combustível para gasolina  é de R$ 2,44 por litro nos seguintes impostos: R$ 1,75 de ICMS; e R$ 0,69 de CIDE, PIS / PASEP e COFINS.

Fonte: Petrobrás

 

Observações: Para a tradução deste texto, utilizamos nas seguintes unidades de referência:

  • 1 Libra Esterlina = 6,67 Reais
  • 1 Milha = 1,6 Quilômetros

 

Kelvin Goodson | Editado por Steve Nowottny
Traduzido e adaptado por ahoradodinheiro
Atualizado em 4 de março de 2022

 

Fontes

moneysavingexpert.com
G1
Tecnoblog

 

395 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *