A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

O caro que sai barato

Sumário

3 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...

 

Foto: Hakinmhan / shutterstock

 

Resumo: O preço será sempre o elemento mais importante na hora de escolher o que comprar? Ou seria a qualidade? Aspectos como durabilidade e necessidade de manutenção contínua devem ser levados em conta? Neste texto você terá essas dúvidas respondidas.

 

Quantas vezes nós desejamos economizar na hora da aquisição de algum produto ou serviço, mas acabamos escolhendo algo olhando somente para o preço final desse item?

E quantas vezes nos damos conta de que essa não foi uma escolha inteligente? De que essa não foi a escolha que resolveu melhor a nossa necessidade. Afinal, o processo de seleção deveria ser para nos ajudar a tomar a melhor decisão sempre, correto?

E qual seria essa melhor escolha? Aquela que atende a 100% nossa necessidade. O custo monetário dessa escolha deveria ser o mais barato possível.

 

O que levar em consideração no processo de escolha?

Por exemplo: se você adquiriu um produto e sua escolha foi determinada, principalmente, pelo preço cobrado por esse produto mas ele não atendeu a sua necessidade; ou, pior ainda, o produto teve uma avaria logo na sequência do primeiro uso, e você teve que devolvê-lo ou descartá-lo, então essa não foi a melhor escolha.  

Digamos que você foi a uma loja comprar uma camisa que você precisava, e adquiriu aquela que estava em promoção num estabelecimento que você conhece bem, pois parecia que essa camisa atendia a seu gosto. 

Porém, após pouco tempo de uso, a camisa perdeu a estrutura e a sua cor foi desbotando até descolorir. Aí não tem jeito! Você terá que descartar a primeira compra e adquirir mais uma camisa, agora prestando mais atenção à qualidade do produto.

Se a camisa em promoção custa R$100,00 e a camisa de boa qualidade que você se obrigou a comprar na sequência custou R$200,00 então o custo total dessa segunda camisa foi de R$300,00 para você. Para adquirir uma camisa de qualidade, seu investimento foi de R$ 300,00.

Mas, perceba que você poderia ter gasto só 200,00 para essa compra. Se o seu foco fosse (desde o início) na qualidade, você teria feito uma compra melhor tanto em qualidade quanto em preço também.

Temos certeza de que você já sabe de tudo isso que estamos falando aqui, mas reafirmar esses conceitos e contar para você como funciona, pode ajudar nas próximas decisões que você deverá fazer no futuro

 

Qualidade x Preço

Então podemos dizer que devemos focar sempre  em compras que levem em conta a qualidade do produto ou serviço em primeiro lugar? A resposta está na palavra “sempre” – ou seja, nem sempre a qualidade é o mais importante. 

Agora confundimos demais? explicamos – nem sempre a qualidade é o fator principal. Por exemplo: para quem tem filhos pequenos e, portanto, estão num processo de crescimento constante, as roupas perdem o uso em uma velocidade muito grande, por ficarem menores do que o tamanho dos pequenos. 

Então é melhor comprar roupas mais “baratinhas” para as atividades diárias. O preço vai ser um fator de decisão mais importante que a qualidade (claro que precisa ter uma qualidade mínima né…) 

Continuando no tema roupas, pense numa pessoa adulta e nos casacos que usamos em dias frios. Quem mora em São Paulo sabe que, no inverno, tem dias que é preciso colocar um casaco ou uma blusa mais reforçada para sair de casa. 

Como são roupas que vamos usar para ir ao trabalho, escola, visitar alguém, enfim, sair de casa – é preciso que sejam peças de boa qualidade e que resistam ao longo dos anos. Afinal, inverno tem todos os anos, e é ótimo que estejamos sempre bem apresentados e que sejam roupas que gostemos de usar. 

 

Fazendo um bom uso do seu dinheiro 

O pessoal da moda fala em termos peças básicas de cores neutras – que combinem facilmente com outras coisas e que sejam de ótima qualidade. Quando você consegue isso, você fez bom uso do seu dinheiro. Serão peças que você usará por anos a fio.

Esse é um caso típico do caro que sai barato. Ou seja, o tema aqui é como você toma as suas decisões de compra. Quais são os fatores que você considera para decidir, o que comprar e como comprar. 

 

Veja também: Vamos tentar consertar tudo

 

309 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *