Search
A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

Palavrões que o mercado financeiro fala para assustar você – parte 1

Sumário

3 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...
Tomacco / shutterstock

Resumo: Entender o vocabulário do mercado financeiro é muito difícil. Os termos são específicos, incomuns e assustam o cidadão comum. Esse sentimento é aumentado pela atuação de muitos agentes que desejam que o mercado seja indecifrável para as pessoas normais e necessite de um “tradutor” para ajudá-las. Por isso, vamos falar sobre alguns desses termos que só parecem complexos, mas não são.

 

O mercado financeiro é o ambiente em que os agentes econômicos (empresas, entidades, pessoas, governo) atuam realizando transferências de recursos entre si em operações financeiras das mais diversas e para vários públicos distintos.

Uma boa parte dessas operações são feitas para clientes (que podem ser tanto pessoas físicas como pessoas jurídicas) que confiam nesses agentes para realizar seus objetivos financeiros; não precisando, dessa forma, que eles dominem o vocabulário específico da área, que é cheio de termos de difícil compreensão para o leigo no assunto.

Entender o vocabulário do mercado financeiro é muito difícil. Os termos são muito específicos, incomuns e assustam o cidadão comum. Esse sentimento é aumentado pela atuação de muitos agentes que desejam que o mercado continue indecifrável para o pobre pagador de impostos e necessite de um “tradutor” para ajudá-los. Claro, sob a paga de “modestas taxas” (tem ironia aqui).

Essa situação não é exclusividade do mercado financeiro, justiça seja feita. Porém, no mundo das finanças, há um exagero nessa situação. Por isso, vamos ajudar você a levantar a cortina dos termos mais complicados e que te assustam no mercado, vamos lá?

 

Alocação de Capital

 

Simplesmente é decidir onde investir dinheiro – onde coloco a grana? no CDB ou em fundos Multimercado? – isso é alocação de capital – simples, não?

 

Assimetria de Ativos

 

Diferença de preços entre dois tipos de investimentos ou entre o mesmo investimento em diferentes locais – exemplo: preço de imóveis e preço de fundo imobiliário – com imóveis semelhantes dentro.

 

Stock Picking

 

Ahh, essa tá na moda – escolha de uma ação – o processo de decidir escolher a ação A e não a B.

 

Small Caps

 

Outra do mundo de ações: essa expressão é usada para empresas menores e menos conhecidas, com baixa capitalização (baixo valor de mercado – entre US$ 300 milhões até US$ 2 bilhões).

 

Mid Caps

 

Estão no meio do caminho entre as Large Caps (as empresas mais famosas da Bolsa) e as Small Caps (as menos conhecidas). Como o nome indica, possuem média capitalização de mercado, com valores girando ao redor de US$ 2 bilhões até US$ 10 bilhões.

 

Large Caps (Blue Chips)

 

As empresas mais famosas da bolsa. Aquelas que todos conhecemos. Possuem a maior capitalização – acima de US$ 10 bilhões. O nome Blue chips está relacionado ao jogo de poker, onde as fichas mais valiosas são da cor azul.

 

Liquidez 

 

É a facilidade que você terá em transformar um produto investido em caixa, ou seja, qual a velocidade que terá para resgatar seu dinheiro. Quanto maior a liquidez, mais rápido você conseguirá resgatá-lo.

 

Volatilidade

 

Essa é muito usada. Significa o quanto varia o preço de um tipo de investimento (ativo) em um período.

Exemplo : a cotação da  ação da empresa A, no dia 1, é 10,00. No dia 2, é 12,00. E no dia 3, é 8,00.

    1. A cotação da empresa B, no dia 1, é 10,00. No dia 2, é 10,20. E no dia 3, é 10,15.
    2. Percebeu que a ação B mudou bem pouquinho? Nesse período, a volatilidade foi menor dessa ação que a da ação A  – Capicce??

O Banco Central e a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) são as entidades que regulam o mercado de capitais no Brasil.

Assim, é importante ficarmos atentos aos comunicados e às informações divulgadas à sociedade por essas instituições, pois elas podem ajudar você a tomar boas decisões com o seu dinheiro.

 

Ficou alguma dúvida? Pode mandar sua pergunta nos comentários!

Por João Victorino

João Victorino é administrador de empresas e especialista em finanças pessoais. Formado em Administração de Empresas e com MBA pela FIA - USP. Executivo em empresas multinacionais nas áreas de desenvolvimento de negócios, marketing e estratégia. Possui ampla experiência no empreendedorismo e hoje divide esses aprendizados. Para isso, o especialista criou e lidera o canal A hora do dinheiro , com conteúdo gratuito e uma linguagem simples, objetiva e inclusiva.

Você também pode se interessar:

483 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *