A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

Que nervosinho esse mercado!

Sumário

5 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...

 

Eddie Jackson / NY Daily News Archive / Getty Images

 

Resumo – Para ter sucesso nos investimentos, é preciso ter um olhar de médio e longo prazos. No entanto, de modo contrário a essa máxima, a maioria das pessoas que iniciam sua jornada neste ambiente acabam voltando suas atenções para polêmicas de curto prazo, as quais não possuem capacidade de causar impacto real nas operações das companhias. Você deseja saber o que realmente impacta o crescimento e o sucesso de uma empresa? Leia mais neste texto que preparamos para você.

 

Telefone sem fio

 

Notícia divulgada recentemente comprova a tese de que as pessoas, em sua maioria, investem em ações de empresas com muito mais foco no preço da ação e, portanto, no curto prazo, do que nas qualidades e perspectivas do negócio da empresa e em como isso vai se refletir no desempenho financeiro futuro da empresa.

No dia 03/05/2020, um canal de notícias na China divulgou a prisão de um homem que tinha como sobrenome “Ma” por, supostamente, ter usado a internet para atos que poderiam colocar em risco a segurança do país.

Essa divulgação fez com que as ações da empresa Alibaba caíssem 9% imediatamente após o anúncio. A Alibaba é controlada pelo magnata Jack Ma, que, nos últimos tempos, tem sido noticiado que está em desentendimento com as autoridades chinesas por comentários seus contrários à forma como a inovação vem sendo regulada no país. 

Ocorre que o Sr. Ma não tinha nada a ver com o Sr Jack Ma.

Após a confirmação desse mal-entendido, as ações recuperaram praticamente todo o seu valor anterior

 

Não se importe com os movimentos de manada! 

 

Vejam o absurdo que é essa situação. Um boato, um rumor, leva a uma onda histérica de venda, mesmo que isso não tenha nada a ver com os negócios da Alibaba.

O fator psicológico é parte fundamental na arte de dominar o processo de tomada de decisão na hora de investir (e também na hora de vender uma ação).

A dor de se perder dinheiro é grande, e muitos de nós não conseguimos pensar direito em qual seria a melhor estratégia a ser adotada neste momento.

Quando vemos o valor de nossos investimentos cair, o nosso medo é intensificado de modo a acreditarmos que seria melhor vender agora, porque acreditamos que o papel possa cair ainda mais nos próximos dias.

Este comportamento, ainda, não ocorre somente com poucas pessoas inexperiente, mas é fortalecido quando mais agentes (inclusive alguns experientes) aderem ao chamado movimento de manada.

Como consequência, isso acaba provocando uma redução brusca no valor de mercado da empresa, e nenhum efeito no valor real (1) da companhia…

O que realmente deveria importar nos investimentos em ações de uma empresa é o desempenho dessa empresa.

 

Perguntas fundamentais para você fazer uma análise ponderada

 

Para que você possa ter uma melhor noção de como anda o desempenho da companhia, fazer as seguintes perguntas pode ajudar:

  • Quantas unidades de produto a empresa vende? 
  • Quantos contratos com novos clientes a empresa fechou no período? 
  • Como a empresa administra suas receitas versus suas despesas e custos? 
  • Como o mercado onde a empresa atua está evoluindo (ou está estagnado)? 
  • Como isso está afetando os números da empresa? 
  • Quais são as perspectivas que a empresa tem para o médio e o longo prazos (eu não me preocupo no curto prazo)? 
  • Como a administração está gerenciando a empresa? 
  • Qual a qualidade do time de gerentes e diretores da empresa?
  • Qual o comprometimento desta equipe com os resultados e objetivos de médio e longo prazo da empresa?

Ao fazer essas perguntas, fica mais fácil para você descobrir as seguintes informações:

  • Quais dessas questões colocadas acima foram afetadas por esse boato? 
  • E, mesmo que não fossem boatos, quais desses pontos sofreriam alguma mudança agora (ou nos próximos tempos) com essa notícia? 

Desta vez, pelo menos, a queda das ações tinha um motivo. Se o motivo tinha razoabilidade ou não, é outra história…

Respondendo a essas perguntas: acho que pouca coisa mudaria (palpite!).

 

Sobre as oscilações dos preços dos ativos

 

As cotações das ações se movimentam ao sabor das emoções dos tomadores de decisão dos fundos, investidores institucionais, grandes acionistas, etc.

Muitas pessoas investem em ações de empresas pelos motivos incorretos. Investem e ficam acompanhando a cotação no dia-a-dia. 

Escravas de uma tela com luzinhas piscando e cores aparecendo na frente o tempo todo, tal qual uma nova religião, que é o deus todo poderoso é um provedor de informações – ele define a ação das pessoas. Se o preço da ação que elas possuem cai, elas vendem. Se o preço das ações que elas possuem sobe, elas compram. E assim vai.

Essas pessoas não se preocupam em acompanhar a saúde financeira das empresas e olhar para o médio e longo prazos, que seria o certo. Investir em ações de empresas é tornar-se sócio de um negócio que você deveria conhecer.

 

Tornando-se sócio (ou sócia) da operação

 

Imagine que o seu primo faça um convite para tornar-se sócio dele em uma padaria que está à venda e ele deseja adquirir. Caso você tenha algum interesse nesse negócio, o que você deveria fazer? 

Você deveria começar visitando a padaria, conhecendo o bairro em volta, avaliando se existe um aumento do número de prédios e construções. Ainda, fazer um levantamento de quantas padarias existem nas redondezas, saber qual a renda média das pessoas que moram no bairro. Além disso, é muito importante conhecer sobre a operação da padaria: se possuem todos os equipamentos de que necessitam, se ela é bem organizada, se ela tem um bom ambiente para os clientes e os funcionários. 

Muitos negócios têm um ambiente bom para os clientes e ruim para os funcionários, isso é incoerente e injusto. Você deve avaliar também se a equipe é boa, se os gerentes entendem do assunto, se a equipe é motivada, etc. 

Importante avaliar a qualidade da equipe, eles que são o motor do negócio. Depois, deve ver os números da padaria. Está com muitas dívidas? Tem um lucro recorrente? Paga os impostos direitinho? Tem dívidas fiscais? E por aí vai.

 

Esta lógica se aplica ao mercado de ações?

 

Avaliar uma empresa em que você está interessado é um pouco desse processo todo também. 

Claro que estamos fazendo uma analogia geral para estimular sua reflexão. São processos diferentes, mas com raiz igual

Assim como comprar uma padaria em que você acredita no aumento da venda de pães e de outros produtos precisa de tempo para dar certo e você deve mirar no longo prazo, nas ações de empresas em que você investe, a lógica é a mesma

Conheça a empresa e seus negócios, invista e deixe o tempo ajudar a confirmar suas percepções. Não saia vendendo no primeiro rumor de que foi presa uma pessoa que tinha o sobrenome igual ao gerente da sua padaria… Pense sobre isso.

 

 

(1) Valor Real – o que a empresa gera de resultados a partir de sua operação.

 

312 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *