A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

Quem ganhar as eleições vai mudar a sua vida financeira?

Sumário

2 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...

 

Fonte: TSE / ahoradodinheiro

 

Resumo – A cada 4 anos, temos a chance de escolher quem serão os nossos representantes nos poderes Executivo e Legislativo, em âmbito federal. É compreensível que esse tema acabe criando discussões acaloradas entre muitas pessoas. Mas, afinal: como será que a vitória ou a derrota de nossos candidatos e candidatas impacta em nossa vida financeira? 

 

De 4 em 4 anos: além da Copa do Mundo

Estamos vivendo os tempos de eleições no Brasil.

Nesse período, serão escolhidos presidente, governadores, senadores, deputados federais e estaduais.

É um momento em que a quantidade de informações está toda focada nesse assunto, e muita agitação acontece na imprensa.

Várias análises aparecem, especialistas dão suas opiniões sobre quem vai ganhar, qual partido estará melhor posicionado, quais acordos podem acontecer, e por aí vai…

 

A política econômica dos candidatos

Um tema recorrente e muito importante é a questão dos rumos da economia com o candidato A ou com o candidato B (no caso, os candidatos à presidência). 

Se formos olhar mais a fundo, as eleições para todos os cargos têm potencial de impactar a economia.

Qual a composição do cenário mais amplo (a tal da visão da floresta)?

  • O que seria ter um olhar mais amplo, mais distanciado?
  • Seria enxergar um cenário completo de tudo o que acontece com aquele assunto, além do problema imediato. 
  • Dessa forma, a escolha de um ou outro candidato teria, sim, grande impacto no rumo da economia. 

Liberais x Intervencionistas

  • Candidatos com agendas mais liberais tendem a ter uma posição de incentivos aos negócios, menor regulação, menos presença do estado na economia. 
  • Candidatos mais à esquerda teriam um foco em dar mais incentivos sociais, usar mais a estrutura do estado com indutor de crescimento econômico, até, às vezes, com mais incentivo às empresas estatais.

 

Influência nos indicadores do país

Quanto mais a eleição impacta na economia e, portanto, na sua vida econômica, maior é o sinal de que o país ainda não tem uma economia realmente estável

Com o aperfeiçoamento de instituições, participantes, e políticas de longo prazo, isso cada vez menos deveria influenciar no todo.

Na prática, para pessoas que têm um planejamento financeiro de longo prazo, nada muda. 

Siga seu plano! Um governo dura 4 anos ou, às vezes, uma reeleição. 

 

Você deve mirar no longo prazo

A curto e médio prazos, talvez algumas coisas mudem na economia, e aí você deve avaliá-las de acordo com algum objetivo que você tenha nessas janelas de tempo menores. 

As oscilações de preços de ações, por sua vez, tendem a ser maiores em períodos próximos de uma eleição.

Mas como você é uma pessoa esperta, não vai investir em ações apenas olhando para o curto prazo.

 

Acompanhe-nos pelas mídias sociais!

 

498 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *