Search
A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

O segredo de empresas centenárias (parte 2)

Sumário

3 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...
Dreamstime - Sashkinw

Resumo – Quais as principais características responsáveis pela sobrevivência de uma empresa ao longo de um século de história?

 

O que essas empresas fazem de diferente das demais?

 

Há poucos dias, começamos a ver algumas características compartilhadas pelas empresas que conseguiram o feito notável de permanecerem relevantes por mais de um século.

Ainda não viu a parte 1? Clique aqui para ler

Como descobrimos que o ramo de atividade dessas organizações não era determinante para definir o sucesso centenário das companhias, tivemos que nos debruçar na busca das características organizacionais das empresas.

Assim, o foco foi dado na procura de suas estratégias, táticas e técnicas que permitiram a manutenção da qualidade dos produtos / serviços e a consequente sobrevivência ao longo dos séculos.

A seguir, veja as outras 5 características que distinguem uma empresa longeva de uma que possui menores chances de sobreviver a longo prazo.

Acompanhe nosso canal no youtube

Longevidade empresarial: sorte ou mérito?

 

Isso não ocorre por acaso. Por mais que uma companhia receba generosas verbas do governo em determinado momento, tenha poder de monopólio em outros períodos, patentes valiosas, mercado consumidor altamente fiel, nada disso vai adiantar se ela não se ater aos problemas reais da sociedade e trabalhar na busca da sua superação.

Por isso, elas também devem seguir os seguintes princípios:

 

6. Relacionamento com os Funcionários

 

Cuidar dos funcionários é uma estratégia importante. Empresas centenárias muitas vezes têm uma relação sólida com seus colaboradores, proporcionando um ambiente de trabalho positivo, desenvolvimento de habilidades e benefícios que promovem a lealdade e a produtividade.

 

7. Responsabilidade Social e Sustentabilidade

 

Empresas duradouras muitas vezes adotam práticas responsáveis e sustentáveis, atendendo não apenas às necessidades do presente, mas também considerando o impacto a longo prazo no meio ambiente e na sociedade.

 

8. Foco no Cliente

 

Manter o foco nas necessidades e expectativas dos clientes é crucial. Empresas que entendem e respondem eficazmente às demandas do mercado, encontrando diferenciais competitivos, têm mais chances de prosperar ao longo do tempo.

 

9. Diversificação de Atividades

 

Empresas que conseguem diversificar suas atividades estão melhor preparadas para enfrentar mudanças nas condições econômicas e de mercado. A diversificação pode ser geográfica, de produtos ou de serviços.

 

10. Boa Governança Corporativa

 

Práticas sólidas de governança corporativa garantem transparência, responsabilidade e tomada de decisões éticas. Isso pode contribuir para a construção da confiança dos investidores e stakeholders ao longo do tempo.

 

É importante notar que cada empresa é única, e a combinação específica desses fatores pode variar. 

No entanto, esses princípios gerais destacam algumas das estratégias comuns adotadas por empresas longevas e centenárias.

Por João Victorino

João Victorino é administrador de empresas e especialista em finanças pessoais. Formado em Administração de Empresas e com MBA pela FIA - USP. Executivo em empresas multinacionais nas áreas de desenvolvimento de negócios, marketing e estratégia. Possui ampla experiência no empreendedorismo e hoje divide esses aprendizados. Para isso, o especialista criou e lidera o canal A hora do dinheiro , com conteúdo gratuito e uma linguagem simples, objetiva e inclusiva.

Você também pode se interessar:

205 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *