A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

Se você ganhasse o Big Brother, o que faria com o prêmio?

Sumário

4 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...
Imagem: vMoni / shutterstock

Resumo: O que você faria se ganhasse um milhão e meio de reais? Já sabe onde colocar esse dinheiro? Precisa pagar dívidas, pretende viajar ou acredita que investir e viver com os rendimentos é a melhor alternativa? Neste texto, montamos cenários diferentes para ganhadores em diferentes situações financeiras, para discutirmos quais as melhores opções para cada um. Texto com fins educativos. Não é uma recomendação de investimentos.

 

Dividir os investimentos em várias cestas

Como todo mundo sabe, um dos programas de maior sucesso na TV brasileira hoje é o Big Brother Brasil. Esse programa é um reality show onde um grupo de pessoas com características diferentes ficam isoladas do mundo, durante um período de tempo determinado, com toda a sua rotina sendo gravada e transmitida ao vivo. 

Todo o tipo de interação pode aparecer ali, e o público adora. Ao longo do tempo aparecem provas que vão dando benefícios e vantagens para uns (e não para outros), além de existirem situações de eliminação dos concorrentes – os paredões. No final, um vencedor é escolhido.

Esse grande campeão recebe um grande prêmio em dinheiro. Ao longo do programa, outros prêmios menores também são distribuídos

Concursos dos mais diversos que criam novos milionários são comuns e também são comuns as histórias das pessoas que depois perdem tudo

O prêmio do BBB deste ano, 2022, será de um milhão e meio de reais. É uma quantidade de dinheiro que pode resolver a vida financeira de muita gente. Pode tirar a maioria das pessoas do sufoco atual. Afinal, pesquisas recentes dão conta de que 70% das famílias no Brasil estão endividadas.

O problema é que, mesmo um bom prêmio como esse, se não for cuidado com atenção, pode ser desperdiçado completamente e frustrar seu ganhador, não garantindo a ele um conforto que todos pensamos que é possível com esse montante.

Nós de ahoradodinheiro acreditamos que dinheiro é coisa séria e deveria ser cuidado sempre com muita atenção, dedicação e senso prático.

Vamos avaliar, como exemplo e para fins educacionais somente, duas diferentes situações de um ganhador desse prêmio, e você nos acompanha numa simulação de melhor uso desse recurso em nossa opinião

 

1ª situação – O Ganhador Endividado

O ganhador endividado deve usar o dinheiro para quitar suas dívidas. Não existe a menor dúvida nesse ponto. Dívida é uma maneira de transferência de riqueza do indivíduo para o credor através dos juros. O credor é muito rico e o devedor muito pobre e, durante o período da dívida, essa situação se aprofunda. 

Sempre será melhor para sua vida não ter dívidas. A melhor opção é sempre pagar à vista e tentar o máximo de desconto e redução dos pagamentos possível. Vemos muitas ofertas de parcelamento pelo mesmo preço do valor a vista, não acreditamos nessa história. O custo do dinheiro ao longo do tempo, ou seja, os juros estão incluídos no preço que está sendo cobrado. 

Em caso de pagamento à vista, o vendedor poderia dar um desconto no preço da mercadoria ou serviço, porém, raramente isso acontece criando a falsa impressão de que não existe vantagem em pagar à vista. Vivemos uma armadilha de parcelamento sem juros. 

Fuja do endividamento, qualquer que seja. Melhor dormir tranquilo sem dívidas, do que passar a noite acordado, pensando como sair do buraco das dívidas. Acredite, já vivemos essa situação…

 

2ª situação – O Ganhador Equilibrado

O nosso sortudo vencedor está no empate. Não tem dívidas – o que já faz dele parte de uma minoria no país – porém, ele não tem investimentos. Está no zero a zero. Esse ganhador também não tem patrimônio (existe uma diferença entre patrimônio e investimento – falaremos em outro texto). 

Esse ganhador deve avaliar com muito cuidado seus objetivos financeiros e definir onde será a melhor utilização do seu prêmio. Muitos brasileiros tem como sonho de vida ter um imóvel próprio, desejam muito sair do aluguel e ter seu teto próprio, sem o risco de não ter onde ficar (medo muito recorrente declarado pelas pessoas).

Se o vencedor tiver essa necessidade também, talvez deva fazer o movimento de comprar seu imóvel e dar essa tranquilidade para a família.

Se não tiver essa necessidade financeira (entendemos que é uma ótima opção deixar a compra do imóvel para depois – primeiro fazer um bom pé de meia) achamos que o ganhador deve investir seu dinheiro de maneira diversificada.

A diversificação é a grande proteção do investidor para evitar fazer coisas erradas. Investir em diferentes tipos de ativos (renda fixa, renda variável, imóveis, etc) e dentro de cada tipo desses investimentos também é possível diversificar  – explicando de maneira rápida – a diversificação é a proteção gerada pelo fato de que os investimentos diferentes têm resultados diferentes e quase opostos. 

Se um tipo de investimento está indo muito bem, outro, nem tanto. Quando o que não ia tão bem piora, o outro melhora o desempenho. Como é impossível saber o investimento que terá um excelente desempenho o tempo todo, e a tentativa de achar esse investimento faz o investidor se arriscar demais e, às vezes perder tudo, investir em ativos diferentes reduz o risco de perda e, ao longo do tempo, te dá uma rentabilidade positiva e interessante. É claro que estamos falando de um conceito, que tem que ser bem executado na vida prática.

Diversificação é um senso comum, nunca coloque todos os ovos na mesma cesta. Por quê? se a cesta cair – você perde todos os ovos. A sabedoria popular é perfeita e deve ser respeitada. Muita gente já perdeu os ovos no correr da vida

Segue uma tabela simples, com objetivos informativos, para uma alocação do prêmio a cada etapa da vida de uma pessoa. Temos aqui um conceito de diversificação genérico aplicado na prática. Ao longo de outros textos vamos detalhar ponto a ponto dessa estratégia. Aproveite!

 

Neste vídeo, o idealizador da Hora do Dinheiro, João Victorino, traz sua opinião sobre essa temática.

 

 

283 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *