Search
A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

Como saber se uma empresa segue critérios ASG de verdade?

Sumário

4 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...
Dreamstime - Designer491

Resumo – O que são os critérios ASG e como descobrir se uma empresa pode estar maquiando seus números e praticando o chamado greenwashing?

 

A noção de que o propósito único de uma empresa seja a da produção de lucro e entrega de rendimentos a seus acionistas já foi superada há algumas décadas no ambiente corporativo.

O consenso agora gira em torno da manutenção de condições sustentáveis do ponto de vista ambiental, que garanta harmonia entre ser humano e meio-ambiente, para que o uso dos recursos naturais também sejam garantidos para o longo prazo e para as futuras gerações.

Além disso, preocupações referentes a aspectos variados das comunidades impactadas pelas atividades das companhias, como nível de renda, acesso à educação, eletricidade, saneamento, assim como criação de empregos diretos e indiretos também devem ser levados em conta pelas diretorias das empresas.

Estas, por sua vez, são incentivadas a adotarem práticas de transparência que, em última instância, podem beneficiá-las pela entrada de mais investidores com essa mesma visão de todo.

 

Veja também:

Uma conta que impacta a todos nós

Como participar de uma economia circular? 

Os custos das mudanças climáticas

 

O significado da sigla ASG

 

O conceito de investimento ASG refere-se a uma abordagem que considera critérios ambientais, sociais e de governança na tomada de decisões de investimento. 

ASG são as iniciais em inglês para Ambiental (Environmental), Social (Social) e de Governança (Governance). 

Esses fatores são considerados para avaliar o desempenho de uma empresa ou ativo não apenas do ponto de vista financeiro, mas também em termos de seu impacto no meio ambiente, na sociedade e em suas práticas de governança corporativa.

 

Ambiental (Environmental)

 

Isso se refere a como uma empresa aborda questões ambientais, como emissões de carbono, gestão de resíduos, uso de recursos naturais e práticas relacionadas à conservação ambiental.

 

Social (Social)

 

Este critério avalia como uma empresa lida com questões sociais, incluindo práticas trabalhistas, direitos humanos, relações com a comunidade, diversidade e inclusão.

 

Governança (Governance)

 

Refere-se à estrutura de governança corporativa de uma empresa, incluindo a composição do conselho, transparência, ética nos negócios, conformidade regulatória e práticas contábeis.

 

Investir com critérios ASG é uma forma de os investidores buscarem não apenas retornos financeiros, mas também alinhar seus investimentos com valores éticos e sustentáveis. 

 

Uma escolha ética

 

Essa abordagem procura promover práticas de negócios responsáveis e sustentáveis, incentivando empresas a adotarem políticas que beneficiem não apenas seus acionistas, mas também a sociedade e o meio ambiente em geral.

Os investidores interessados em investir com critérios ASG podem optar por fundos de investimento sustentáveis, títulos verdes, ações de empresas socialmente responsáveis ​​ou adotar estratégias de investimento que integrem análises ASG em suas decisões de portfólio.

Acompanhe nosso canal no youtube

O índice de sustentabilidade ISE B3

 

A B3 desenvolveu um índice para monitorar empresas que estão comprometidas com a sustentabilidade em suas operações. 

O propósito do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3) é servir como um indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de empresas selecionadas devido ao seu reconhecido comprometimento com a sustentabilidade empresarial. 

Essa iniciativa visa auxiliar os investidores na tomada de decisões de investimento e incentivar as empresas a adotarem as melhores práticas de sustentabilidade. 

Isso ocorre porque as práticas ESG (Ambiental, Social e de Governança Corporativa) desempenham um papel crucial na preservação a longo prazo dos negócios.

 

Veja também:

Os novos padrões de consumo no mundo

O que são os índices da bolsa?

Como destinar seu imposto de renda para causas socioambientais?

 

Cuidados com o greenwashing

 

O “greenwashing” refere-se à prática de uma empresa de apresentar informações enganosas ou exageradas sobre suas práticas ambientais para parecer mais sustentável do que realmente é. 

Identificar e evitar empresas envolvidas em greenwashing pode ser desafiador, mas aqui estão algumas armadilhas comuns e dicas para ajudar a evitar cair nelas:

 

Como identificar uma possível falta de transparência pelas empresas quanto à adequação aos critérios ASG?

 

A seguir, você encontra 5 situações em que pode ser mais provável que uma companhia esteja escondendo informações críticas quanto ao cumprimento das exigências ASG

 

Caso 1 – Falta de informações detalhadas

 

Empresas que não divulgam informações detalhadas sobre suas práticas ambientais, sociais e de governança podem estar escondendo aspectos negativos.

Prefira empresas transparentes que forneçam informações claras e detalhadas sobre suas iniciativas sustentáveis. Relatórios de sustentabilidade e divulgações transparentes são indicativos de um compromisso genuíno.

 

Caso 2 – Afirmações Vagas ou Exageradas

 

Empresas que fazem afirmações vagas, genéricas ou exageradas sobre suas práticas sustentáveis sem fornecer evidências concretas podem estar praticando greenwashing.

Procure por empresas que usem métricas mensuráveis e forneçam dados específicos sobre suas iniciativas. Certificações de terceiros também podem ser um sinal de comprometimento real.

 

Caso 3 – Foco Excessivo em Ações Isoladas

 

Algumas empresas destacam uma única iniciativa sustentável para desviar a atenção de práticas menos éticas em outras áreas.

Avalie a abordagem holística da empresa em relação à sustentabilidade. Empresas verdadeiramente comprometidas adotarão práticas sustentáveis em várias áreas, em vez de se concentrarem apenas em uma ação isolada.

 

Caso 4 – Ausência de Metas e Compromissos Mensuráveis 

 

Empresas que não estabelecem metas específicas e mensuráveis para suas práticas sustentáveis podem não ter um compromisso real com a sustentabilidade.

Empresas comprometidas estabelecem metas claras e mensuráveis, permitindo que os investidores acompanhem seu progresso ao longo do tempo.

 

Caso 5 – Falta de Certificações Reconhecidas

 

Certificações ambientais ou sociais sem reconhecimento externo podem ser usadas para criar uma falsa imagem de responsabilidade.

Procure por certificações reconhecidas por terceiros, como o Forest Stewardship Council (FSC) para práticas florestais, Sistema B, ISO 14001, ou a Certificação B Corp para responsabilidade social corporativa; além de relatórios como GRI e premiações como o Prêmio Eco.

 

Ao investir em empresas com base em critérios ASG, é essencial realizar uma pesquisa aprofundada, buscar informações independentes e, se possível, consultar especialistas em sustentabilidade. 

O envolvimento ativo e a diligência são cruciais para evitar greenwashing e garantir que seus investimentos estejam alinhados com valores éticos e sustentáveis.

 

Fonte

 

ISE

Por João Victorino

João Victorino é administrador de empresas e especialista em finanças pessoais. Formado em Administração de Empresas e com MBA pela FIA - USP. Executivo em empresas multinacionais nas áreas de desenvolvimento de negócios, marketing e estratégia. Possui ampla experiência no empreendedorismo e hoje divide esses aprendizados. Para isso, o especialista criou e lidera o canal A hora do dinheiro , com conteúdo gratuito e uma linguagem simples, objetiva e inclusiva.

Você também pode se interessar:

266 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *