A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

Como o brasileiro gasta seu tempo?

Sumário

4 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...

Resumo – O tempo é o recurso mais valioso que existe. Uma vez gasto, não há como recuperá-lo. Mas é possível fazer um uso melhor desta riqueza.

 

Um dos principais motivos para as pessoas terem dinheiro é para terem a capacidade de decidir o que fazer com o seu tempo! 

O dinheiro, assim, é uma ponte para a liberdade de se fazer o que bem quiser com o seu tempo. Estamos preparados para isso?

 

Alguns números assustadores

 

O modo como os brasileiros administram seu tempo tem mudado nos últimos anos, principalmente pelo avanço da tecnologia e a crescente conectividade digital. De acordo com dados recentes, os adultos brasileiros dedicam, em média, nove horas diárias (1) para olhar para as telinhas de seus dispositivos eletrônicos. 

Essa estatística reflete uma tendência global de aumento no tempo gasto em atividades online e coloca o Brasil como um dos líderes nesse comportamento no mundo. Dentre todos os países pesquisados, o Brasil ficou em segundo lugar no quesito média de horas acordadas em frente às telas de dispositivos eletrônicos (2), com 56,61% deste período sendo gastas junto aos aparelhos. 

A nação se destaca por sua intensa interação com as plataformas digitais, e os brasileiros demonstram uma afinidade marcante com as redes sociais, streaming de vídeos e outros tipos de entretenimento online. 

O primeiro colocado na pesquisa foi a África do Sul, com as pessoas passando, em média, 58,21% do tempo que ficam acordadas em frente às telas. E o último colocado nesta pesquisa? O posto ficou com o Japão, com 21,70%

 

Riscos à saúde

 

Mas essa imersão digital tem levantado preocupações sobre a saúde e o estilo de vida dos brasileiros. O tempo de tela, compreendido como o período em que alguém está olhando para dispositivos eletrônicos, é considerado um dos principais indicadores de comportamento sedentário

Estudos epidemiológicos realizados no mundo inteiro têm associado longos períodos de tempo de tela a riscos de saúde, incluindo problemas físicos e psicológicos. A constatação de que os brasileiros dedicam grande parte de seu dia a essa atividade é um alerta para os possíveis impactos negativos na saúde da população.

Acompanhe nosso canal no youtube

Por que isso ocorre?

 

As razões por trás desse alto tempo de tela no Brasil são diversas. A crescente acessibilidade a smartphones e dispositivos eletrônicos, aliada à expansão das redes de internet, proporcionou uma maior conveniência no acesso ao mundo digital. 

Além disso, a ampla oferta de conteúdo online, desde notícias até entretenimento, contribui para atrair a atenção dos brasileiros para as telas de seus aparelhos. A interação constante com as redes sociais também desempenha um papel importante, uma vez que a conectividade virtual se tornou um meio essencial para se comunicar, socializar e se manter informado.

 

Como evitar efeitos negativos à saúde?

 

Para mitigar os possíveis efeitos negativos desse comportamento, é crucial que os brasileiros adotem uma abordagem equilibrada em relação ao uso da tecnologia. 

Estratégias como estabelecer limites de tempo (3) para o uso de dispositivos eletrônicos, incorporar atividades físicas e sociais no cotidiano e priorizar momentos offline podem ajudar a contrabalançar os efeitos adversos do tempo de tela excessivo. 

Além disso, a conscientização sobre os riscos associados ao sedentarismo digital e a promoção de hábitos saudáveis no ambiente virtual são essenciais para uma abordagem holística do bem-estar, como a realização de pausas de 5 minutos a cada hora passada em frente às telas, realização de caminhadas na vizinhança até a padaria, ao mercado do bairro, ou simplesmente para descansar os olhos e a mente.

 

 

Nas demais atividades diárias

 

Em outras atividades rotineiras do dia a dia, a média de tempo gasto em cada uma delas é a seguinte:

Atividade
Tempo gasto
Almoço
Menos de 45 minutos (para 63% dos entrevistados)
Sono
7,8 horas por noite
Trabalho
39,5 horas por semana (média). O Brasil pe o 10º país no ranking de horas trabalhadas anualmente, segundo a OCDE.
Deslocamento para o Trabalho
4,8 horas por semana (média do país) 6,4 horas por semana (nas capitais)

Com relação às atividades de lazer, é muito difícil encontrar uma média de horas gastas no território nacional, uma vez que existem recortes por nível de renda bastante desiguais que impactam na qualidade, variedade e duração destas atividades.

Em nossa página chamada “Economizei”, você pode encontrar atividades de lazer ao clicar na categoria “divertir”, logo após escolher a região do país e a cidade que deseja ver gratuidades e isenções a que você pode ter direito.

 

Veja também

Tempo: o melhor amigo do seu investimento

10 ideias de lazer que custam pouco dinheiro

 

Fontes

 

Electronics Hub: “Digital 2023: Global Overview Report” (1, 2)

Viva Bem (3)

Por João Victorino

João Victorino é administrador de empresas e especialista em finanças pessoais. Formado em Administração de Empresas e com MBA pela FIA - USP. Executivo em empresas multinacionais nas áreas de desenvolvimento de negócios, marketing e estratégia. Possui ampla experiência no empreendedorismo e hoje divide esses aprendizados. Para isso, o especialista criou e lidera o canal A hora do dinheiro , com conteúdo gratuito e uma linguagem simples, objetiva e inclusiva.

Você também pode se interessar:

912 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *