A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

5 dicas para fugir de golpes financeiros

Sumário

3 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...
Adonis1969 - Dreamstime

Resumo – Brasil lidera lista de fraudes no Whatsapp. Veja como não cair em armadilhas financeiras pelo app.

 

É cada vez mais recorrente a aplicação de golpes pela internet. Apesar de métodos e abordagens diferentes, o objetivo é sempre o mesmo: tirar o dinheiro das vítimas. 

Neste sentido, os golpistas costumam ser muito convincentes, para que as pessoas não desconfiem de estarem sendo enganadas, podendo gerar um problema financeiro enorme.

 

As aparências enganam

 

Um golpe extremamente comum ocorre quando os criminosos conseguem se passar por outra pessoa conhecida da vítima, ao utilizar um número de celular, inclusive com a foto da pessoa, com o intuito de pedir dinheiro para seus contatos. 

No geral, costuma ser tão bem feito, que quem recebe as mensagens acaba acreditando na história contada e transfere o valor solicitado para o criminoso, tornando-se vítima.

 

O que fazer quando usam a foto de pessoas conhecidas para pedir dinheiro?

 

O recomendado é não se desesperar. Ao receber mensagem de uma pessoa pedindo dinheiro, não faça a transferência. Ninguém pede dinheiro por mensagem. A não ser que exista esse costume na família, por exemplo, se seu filho pede e vocês já têm um acordo para isso, mas eu recomendaria que o dinheiro fosse administrado de outro modo. 

Se não for o seu caso, faça perguntas pessoais para verificar se a solicitação é verdadeira. Essa atitude evitará que você perca um dinheiro que dificilmente será recuperado. No entanto, se já tiver realizado a transferência, o melhor é manter a calma e procurar as autoridades para fazer uma denúncia.

Acompanhe nosso canal no youtube

O Brasil está em primeiro lugar em tentativas de phishing

 

Dados de um relatório da Kaspersky, empresa de segurança cibernética, apontam que o Brasil está no topo da lista de países com maior registro de phishing (tentativa de fraude) no WhatsApp

Em 2022, foram mais de 76 mil ataques. O país também é o quarto na lista de phishing por e-mail. O phishing acontece quando alguém clica em um link duvidoso, que funciona como isca. 

Ao clicar, os dados que estão armazenados no dispositivo (celular ou computador) podem ser enviados para os criminosos, o que abre possibilidades de golpes.

 

Cuidados necessários

 

É preciso estar sempre bastante atento ao receber mensagens suspeitas e nunca clicar em links sem conferir sua origem antes.

Apesar da mensagem parecer verdadeira, é importante fazer uma checagem do endereço de e-mail ou do número de telefone, para saber se são reais. Além de também consultar na internet, pois muitos golpes já estão sendo identificados e expostos, para tentar evitar que novas pessoas caiam neles.

É fundamental agir com toda ação em tópicos que envolvem finanças. Infelizmente, existe uma variedade de golpes no país, seja falso pedido de dinheiro, falso link, falsa central de atendimento, falso motoboy, falso boleto, entre tantos outros, o que faz com que as pessoas fiquem mais vulneráveis

Por isso, é essencial se proteger ao máximo em todos os quesitos, nunca compartilhando senhas ou informações pessoais. Todo cuidado é pouco quando se trata do nosso dinheiro.

 

Para finalizar, veja 5 dicas essenciais para fugir de golpes financeiros:

 

1. Quando você está em uma situação de estresse, sua barreira de proteção fica reduzida, disputando atenção com as outras coisas que você tem que decidir (várias pesquisas demonstram o quanto é difícil prestar atenção em mais de uma coisa ao mesmo tempo e, portanto, o estresse é a situação mais importante). Você deve evitar tomar decisões nesse momento. 

2. Proteja suas informações pessoais e use senhas fortes.

3. Verifique a autenticidade de empresas e sites antes de fazer negócios.

4. Esteja ciente de técnicas de phishing em e-mails e mensagens.

5. Mantenha seu software e antivírus atualizados para proteção contra vírus.

Por João Victorino

João Victorino é administrador de empresas e especialista em finanças pessoais. Formado em Administração de Empresas e com MBA pela FIA - USP. Executivo em empresas multinacionais nas áreas de desenvolvimento de negócios, marketing e estratégia. Possui ampla experiência no empreendedorismo e hoje divide esses aprendizados. Para isso, o especialista criou e lidera o canal A hora do dinheiro , com conteúdo gratuito e uma linguagem simples, objetiva e inclusiva.

Você também pode se interessar:

273 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *