A hora do dinheiro logo

Sumário

Tamanho da fonte-+=
Tamanho da fonte-+=

6 razões para investir no Tesouro Direto em tempos de inflação e juros altos

Sumário

3 min para ler
Tamanho da fonte-+=
Getting your Trinity Audio player ready...
Dreamstime - Alexandre Zorek

Resumo – Veja 6 motivos pelos quais alguns títulos do Tesouro Direto podem ser uma alternativa interessante em tempos de inflação e juros altos.

 

Títulos do Tesouro Direto podem ser uma alternativa interessante em tempos de inflação e juros altos por diversas razões, especialmente quando se trata de títulos do tipo Tesouro IPCA+.

Inclusive, em 2023 o Tesouro já lançou duas novas categorias de títulos com remuneração semelhante a este modelo, que acompanha o índice de inflação IPCA.

São eles, o Tesouro Renda+, voltado para o planejamento da aposentadoria complementar à do INSS, e o Tesouro Educa+, para quem deseja se planejar para pagar uma faculdade no futuro (para si ou para um conhecido).

Veja, a seguir, as principais vantagens de se ter investimentos remunerados por este tipo de índice:


1. Proteção contra a inflação 

 

Os títulos NTN-B, ou Tesouro IPCA+, oferecem proteção contra a inflação, uma vez que seus rendimentos estão atrelados ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Isso significa que, à medida que a inflação aumenta, a rentabilidade dos títulos também aumenta, mantendo o poder de compra do investidor.

Nesse caso, também é interessante descobrir qual o valor da sua inflação pessoal. Sabe como calculá-la? Clique aqui e descubra duas formas diferentes!


2. Garantia de retorno real

 

Em tempos de inflação alta, os investimentos de renda fixa tradicionais, como CDBs e poupança, muitas vezes não conseguem preservar o poder de compra do investidor. 

No entanto, os títulos IPCA+ garantem um retorno real, ou seja, um ganho acima da inflação, o que os torna uma opção atrativa para investidores que desejam proteger seu capital.


3. Rendimentos atrativos


Em um ambiente de taxas de juros altas, os títulos IPCA+ tendem a oferecer rendimentos significativos. Como parte do rendimento desses títulos está atrelado à inflação, eles podem fornecer uma taxa de juros real mais elevada do que outros investimentos de renda fixa, que geralmente têm seus valores diminuídos em períodos de alta inflação, como os pré-fixados.

Acompanhe nosso canal no youtube

4. Diversificação de carteira

 

Títulos do Tesouro Direto, incluindo os IPCA+, podem ser uma parte importante de uma carteira de investimentos diversificada. Eles ajudam a reduzir o risco total da carteira, pois não estão correlacionados com outros ativos, como ações, por exemplo.


5. Liquidez e acessibilidade

 

Os títulos do Tesouro Direto são acessíveis para a maioria dos investidores, com opções de compra de títulos a partir de valores relativamente baixos. Além disso, eles oferecem boa liquidez, o que significa que é possível vendê-los no mercado secundário antes do vencimento, se necessário.


6. Baixo Risco

 

Como os Títulos do Tesouro são emitidos pela instituição considerada a mais segura do país (o Tesouro Nacional), a chance de perda (ou calote) é baixa.

É importante notar que os títulos do Tesouro Direto, incluindo os IPCA+, têm características específicas, como prazos de vencimento distintos, então é essencial entender bem cada opção e considerar suas necessidades e objetivos financeiros antes de investir. 

 

Por João Victorino

João Victorino é administrador de empresas e especialista em finanças pessoais. Formado em Administração de Empresas e com MBA pela FIA - USP. Executivo em empresas multinacionais nas áreas de desenvolvimento de negócios, marketing e estratégia. Possui ampla experiência no empreendedorismo e hoje divide esses aprendizados. Para isso, o especialista criou e lidera o canal A hora do dinheiro , com conteúdo gratuito e uma linguagem simples, objetiva e inclusiva.

Você também pode se interessar:

537 Visualizações
0Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *